Descomplicamos para você se descomplicar. Sua liquidez em apenas 4 passos

Você faz<br />
uma simulação.

Você faz
uma simulação.

Nós analisamos<br />
sua proposta.

Nós analisamos
sua proposta.

Sua proposta<br />
é aprovada.

Sua proposta
é aprovada.

Seu contrato<br />
é emitido.

Seu contrato
é emitido.

Perguntas
Frequentes

Empréstimo com imóvel em garantia (Home Equity) é uma linha de crédito destinada tanto à pessoa física quanto à jurídica, na qual o imóvel do tomador é dado em garantia. Dessa maneira, se torna viável ao credor aplicar taxas de juros muito mais baixas que as praticadas no mercado em outros produtos financeiros.

As taxas de juros podem ser praticadas nos dois modelos. No pré-fixado, as taxas são definidas previamente, permitindo ao cliente saber de antemão o valor exato de todas as parcelas futuras. Já no modelo pós-fixado, é determinado um indexador atrelado à economia, que varia mês a mês, que é acrescido a uma taxa previamente estabelecida. No caso da CashMe, este indexador é o IPCA e a taxa é 1,24% ao mês.

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) é medido mensalmente pelo IBGE. Esse índice foi criado com o objetivo de oferecer a variação dos preços no comércio para o público final. O IPCA é considerado o índice oficial de inflação do país.

Para que o imóvel seja dado em garantia, é necessário que o contrato de Home Equity seja feito no modelo de alienação fiduciária e registrado no cartório de imóveis da região. Dessa maneira, o registro de alienação fiduciária fica averbado na matrícula do imóvel.

Sim, o imóvel que será dado como garantia pode ser o seu imóvel de residência ou até mesmo um imóvel que esteja locado para terceiros.

A Resolução nº 4.271, de 30 de setembro de 2013, determina que o valor de empréstimo poderá alcançar até 60% do valor da avaliação da garantia. Dessa forma, o valor máximo que você poderá solicitar é diretamente vinculado ao valor de avaliação do seu imóvel.

Para que a CashMe possa avaliar a proposta de seus clientes, é necessária a realização de uma consulta de endividamento nos registros do Banco Central do Brasil, a qual deve ser previamente autorizada pelo cliente.

Para facilitar a jornada do cliente, a CashMe se encarrega de todas as custas operacionais do cliente e as incorpora ao total de financiamento. Dessa maneira, tanto as despesas cartorárias quanto as de avaliação do imóvel e abertura de crédito serão diluídas no mesmo prazo do financiamento.

Sim. Nesse caso o valor que você irá solicitar como empréstimo somado ao saldo devedor do seu financiamento, poderá alcançar até 60% do valor de avaliação do seu imóvel, conforme determinado na resolução nº 4.271, de 30 de setembro de 2013.

O reconhecimento de firma por autenticidade pode ser feito em qualquer cartório, seja ele de registro de imóveis ou não. O cliente pode abrir firma no cartório que lhe for mais cômodo (caso já não o tenha feito) e reconhecer a mesma por autenticidade.

A CashMe aceita a inclusão de terceiros (mesmo sem vínculo familiar) no contrato tanto para compor renda quanto para a alienação do imóvel a ser dado em garantia. Logo, esta terceira parte também assinará o contrato.